A Clockwork Orange – Laranja Mecânica (1971)

clockwork

Dados Técnicos:

País de Origem: Inglaterra

Ano de Lançamento: 1971

Gênero: Ficção

Direção: Stanley Kubrick

Elenco: Malcolm McDowell – Alex DeLarge

Patrick Magee – Sr. Alexander

Warren Clarke – Dim

Clive Francis – Lodger

Michael Tarn – Pete

James Marcus – George

Michale Bates – Chefe dos guardas

Sinopse: No futuro, Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue de delinquentes que matam, roubam e estupram, cai nas mãos da polícia. Preso, ele é usado em experimento destinado a refrear os impulsos destrutivos, mas acaba se tornando impotente para lidar com a violência que o cerca.

A primeira impressão que tive sobre o filme foi: Um filme pornográfico, violento, cheio de palavrões e sem sentido algum. Esta é uma grande prova de que não é a primeira impressão a que fica guardada em nossas memórias, mas sim as últimas impressões. O filme é pornográfico, violento e cheio de palavrões, mas isto, diferente do que eu pensava, tem todo um sentido por trás que será revelado no decorrer da película.

O filme é uma narrativa de Alex DeLarge que conta sua história. Alex é um jovem inglês que, junto com sua gangue, os druguis, fazem um “show de horrores” na cidade em que vivem, brigando com outras gangues, invadindo casas, realizando estupros e batendo em mendigos. São cenas fortes e impactantes (à la Stanley Kubrick).

Alex em certo momento é preso. Na prisão ele é submetido à um tratamento, chamado de Ludovico. Este tratamento médico pretende, através de vacinas e lavagem cerebral, reabilitar prisioneiros para que eles possam voltar às ruas mais rápido e prontos para se socializar novamente. Toda a surpresa do filme está na sua reabilitação à sociedade, só então percebemos o sentido que Stanley quis dar ao filme com todas as cenas violentas.

Um fato que pode causar estranheza ao espectador é a linguagem incomum que Alex DeLarge e sua gangue usam. É uma mistura de russo, inglês e cockney. Exemplo: drugo = amigo; rozzer = polícia; chavalco = cara. Huahauhaua… bem esquisito, mas não foi criação de Stanley e sim de Anthony Burgess, autor da obra literária que deu vida ao filme.

Laranja Mecânica traz discussões como perdão, lavagem cerebral, reabilitação social, sistema penitenciário e vingança. É um excelente filme com uma trilha sonora primorosa!!

Imagens:

Reparem como os cílios dá um ar cruel ao ator.Alex DeLarge

Reparem como os cílios dá um ar cruel ao ator.

McDowell arranhou a córnea e ficou temporariamente cego ao gravar esta cena.

McDowell arranhou a córnea e ficou temporariamente cego ao gravar esta cena.

Alex e seus parceiros do "show de horrores"

Alex e seus parceiros do "show de horrores"

Show de Horror

Show de Horror

O tempo passa para todos... Fiquei besta como passou rápido para McDowell.

O tempo passa para todos... Fiquei besta como passou rápido para McDowell.

Trailer:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: